Stp

Protocolo STP

O protocolo STP (em inglês Spanning Tree Protocol ) é um protocolo para equipamento de rede que permite resolver problemas de loop em redes comutadas, cuja topologia introduza anéis nas ligações.

O algoritmo de Spanning Tree determina qual é o caminho mais eficiente entre cada segmento separado por bridges ou switches.

Caso ocorra um problema nesse caminho, o algoritmo irá recalcular, entre os existentes, o novo caminho mais eficiente, habilitando-o automaticamente.

O nome deriva do algoritmo spanning tree em teoria dos grafos.

O STP usa três critérios para decidir se deve pôr ou não uma interface em estado forwarding:

-Ele elege uma bridge raiz. O STP põe todas as interfaces na bridge raiz em estado forwarding;

- Cada bridge não raiz considera que uma de suas portas tem o menor custo administrativo entre ela própria e a bridge raiz. O STP coloca essa interface, chamada de porta raiz no estado forwarding.

- A bridge de menor custo de cada segmento é chamada de bridge designada, e a interface dessa bridge, conectada ao segmento em questão, é chamada porta designada.

- Todas as outras interfaces são colocadas em estado blocking.

A minha apresentação

Micaela Costa

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License